Hunting

Enxergar o cliente como um complexo de negócio não como produto, relação de parceria que transcenda a dimensão de qualidade, prazos e preços otimizados mediante agregação de valor ao contexto estratégico de cada cliente.

A atividade de assessoramento e consultoria absorve mais facilmente esse novo requerimento, a natureza da atuação sempre implicou obrigatoriedade do diagnóstico das estruturas e dos processos operacionais, solução adequada para projetos de administração e organização como também em recursos humanos. O diferencial competitivo de uma organização reside na qualidade de seu “capital” intelectual, agregamos a isto os serviços de Hunting.

Pesa o esclarecimento que encontramos profissionais que se cognominam head hunters, entretanto agências de empregos que exploram a boa fé de pequenas ou mesmo empresas de porte médio não afeitas a este tipo de serviços, não devem ser entendidas como Hunting.

O Hunting clássico proposto por um profissional desta área, deve considerar uma visão clara sobre a segmentação de mercado em que o negócio está inserido, e sobre a qualificação profissional que o mercado oferece, o cliente deve ser alertado sobre oportunidades de desenvolvimento e crescimento, que necessariamente não são contempladas nesse momento, contudo com a visão ampla que o head hunter possui e das tendências previsíveis que conhece, pode e deve influenciar o cliente para possível outra focalização, nesse sentido ao cliente deve ser apresentado pelo head hunter, perfis normalmente requeridos através do descritivo das atribuições necessárias ao cargo, como também perfis que agreguem valor.